segunda-feira, 28 de março de 2011

Elas gostam de homens românticos?

As mulheres gostam de homens que abrem a porta do carro, mandam flores e sempre pagam a conta?

Por Vladimir Maluf

Abrir a porta do carro, mandar flores, sempre pagar a conta... Não é novidade que essas são algumas das características do homem romântico. O que nos intriga é: será que elas gostam mesmo desse perfil de parceiro? E lá fomos nós perguntar às mulheres se elas realmente procuram um homem assim. 



Sem exageros

“Quando falam ‘romântico’, eu imagino um homem do tipo Sidney Magal”, brinca Renata Garcia. “Para mim, o homem tem que ser carinhoso, atencioso, protetor, mas sem esse estereótipo de dar flores, chocolates e fazer todas as minhas vontades o tempo todo”, afirma a estudante de 26 anos. Para ela, essas relações soam falsas. “O relacionamento tem que ser algo mais leve, natural... Não precisa dessas regras”.

“Não só abrir a porta do carro e mandar flores, como tudo que tem direito, mas não o tempo todo. Na dose certa é ótimo, senão fica cansativo”, aprova a relações públicas Mariana Barros, de 28 anos. “Jantar à luz de velas é legal, mas todo dia cansa. O cara também não precisa ser melado demais”.

Já a bancária Simone Santos, de 34 anos, gosta dos homens românticos. E perdoa até os exageros. “É preferível um cara romântico demais do que nada romântico”, diz ela. “Conheci um homem que queria até rachar o motel. Aí já é demais, não é?”, pergunta ela. Mesmo assim, a moça dispensa os grudentos. “Não precisa ficar ligando toda hora e falando com voz melosa. Isso é ruim”.

“Homem tem que ter jeito de homem, nada de fazer voz de nenê”, diz a relações internacionais Giovanna Morgero, 29 anos. “Não acho que todo homem romântico seja grudento. Dá muito bem para ele ser gentil sem fazer serenata ou escrever mil cartas de amor”, diz ela. Mas ela faz questão de dizer. “Gosto, sim, de homens românticos. E dá para ser assim sem enjoar”.

Faça o inesperado

“Um pouco de romantismo não é nada mau. Acho que o homem precisa ficar atento para não ser pegajoso”, diz Andréa Luna, jornalista de 34 anos. “É ótimo receber flores. Mas não precisa ser todo dia. Ter certeza que o homem vai te mandar flores não tem graça. É gostoso quando é inesperado”. Outras coisas ela também considera exagero. “Como abrir a porta do carro. Também não há necessidade de trazer um doce ou um presentinho todo dia. Isso irrita”, diz. “O homem tem que tomar as decisões, e não ficar fazendo tudo para me agradar. Não pode deixar de viver a vida dele para viver a minha”, condena.

“O homem tem que saber ser romântico na hora certa. Sabe aquele domingo nebuloso, que você está de TPM? Seria ótimo amanhecer com um café da manhã na cama, por exemplo”, explica Marina Fraga. E nada de frescuras com Marina. “Eu, particularmente, prefiro fechar minhas próprias portas e acender meus cigarros. Não precisa disso...”, diz a estudante de 23 anos.

“Acho que a maioria das mulheres responde que sim, mas acaba se apaixonando mesmo pelos homens mais ‘durões’”, diz Carolina, 27 anos. “Para mim, é importante ter um homem que se preocupa comigo, me dá atenção, que até cuide de mim, sem precisar ficar com excessos de gentilezas”, define. “Posso pagar minhas contas, buscá-lo para jantarmos e até tomar a iniciativa de entrar em um motel, por que não?”

Fonte: IG Estilo

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Facebook Share to Orkut Favorites More

 
Autor Lilian Schineider | Contato lischineider@hotmail.com - almeida.lilian@hotmail.com | @LiSchineider